Ariel Sharon

Revisado em Chodesh Há’Avivi /5776 – 1º Mês.
 

     Conforme considerado na pesquisa publicada em Agosto/2005 (ISRAEL - Hoje), quando ainda não sabíamos que juízos recairiam sobre o então Primeiro Ministro Israelense Ariel Sharom se ele continuasse com sua política de violação dos propósitos do Eterno (Ez 36:24; 37:11-12, 21) em nossos dias, Abril/2006. Todas as nações já contemplam os juízos que recaíram sobre aquele a quem o Eterno confiou a liderança de Seu povo, e no entanto, ao invés de andar em Sua presença, ignorou Seus propósitos (Ez 36:24-38; 37:25), ao buscar aliança com outras nações, submetendo-se às determinações dos EUA , e da ONU.

Ao invés de seguir ao Eterno, preferiu adorar (se submeter) a besta (EUA) e a imagem feita à primeira besta (ONU).

Tenhamos sempre em mente que: 

  • * O que sucedeu a Yitzhak Rabin e a Ariel Sharom, não deve ser ignorado nem interpretado como uma vingança do Eterno, mas sim como uma consequência natural em resultado de seu afastamento do Eterno e Seu propósito para com Seu povo (Israel). 


Conclusão:

  • * Saibam todos que posicionar-se contra Israel, é posicionar-se contra o Eterno (Zc 2:8 e Ap 19:19), e se Ele não poupou nem mesmo Seu povo em nossos dias ao punir seus líderes por violarem Seu concerto com Abraão, Isaque e Jacó, quanto mais as nações estrangeiras que se achegam a Israel para impor sua própria vontade que é contrária ao concerto por Ele estabelecido com o patriarca Abraão. 


Assim, o que foi mencionado para Yitzhak Rabim, também seja proferido em relação a Ariel Sharom:

  • * Que seu nome jamais seja lembrado entre os heróis de Israel !


Shalom !

 

Ariel Sharon.

11 de Janeiro de 2014

Nessa data faleceu Ariel Sharon, judeu através de quem o Eterno operou grandiosamente em favor de Seu povo, Israel. Ao longo de sua vida ocupou diversos cargos: Primeiro Ministro de Israel, Ministro da defesa, General Comandante das forças de Defesa de Israel, Ministro da Imigração, Ministro da Agricultura, etc... . No entanto em seus últimos dias desviando seus olhos do Eterno devido a pressões politica interna e externa violou o concerto estabelecido pelo Eterno com os patriarcas ao fazer aliança com seus inimigos em troca de uma suposta paz.

Quando o rei Saul cedendo a pressões internas (I Sm 15:24) se desviou dos propósitos do Eterno para com Seu povo afastando-se assim do Anjo do Senhor (I Sm 16:14), um anjo rebelde ocupou o lugar vago e passou a atormentá-lo induzindo-o mais e mais em sua rebelião aos desígnios do Eterno.

Assim como foi com o rei Saul, o mesmo sucedeu a Ariel Sharon que devido a forte pressão interna e externa desviou seus olhos do Eterno violando Seu concerto com Israel ao buscar  auxílio nas mãos de homens, afastando-se assim do Anjo do Senhor, e, como sucedeu ao rei Saul, o lugar deixado vago foi ocupado por um anjo rebelde que passou a acometê-lo de forma que os juízos do Eterno lhe sobreveio para que não causasse mais mal a Israel.    

  • Reconhecendo a Justiça e misericórdia do Eterno, não questiono o que sucedeu a Yitzhak Rabin e a Ariel Sharon, e a vida desses homens nos serve de exemplo para que jamais venhamos nos afastar dos propósitos do Eterno para com Israel e para com cada um de nós individualmente, mesmo que fatores internos e externos nos pareçam intransponíveis (Ez:18:24; 33:12-13).  

Shalom Aleichem!

Comentários

 

 

 

Contato

Conhecendo a Verdade

e_b_verdade@hotmail.com

Pesquisar no site

© 2012 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode