Cristianismo ... X ... Igreja Cristã

Revisado em 25 de Chodesh HaSheneim-Asar / 5776

 Tendo em vista novos estudos sobre a origem do Novo Testamento, torna-se insustentável pelas Escrituras Hebraica os ensinos do mesmo referente a Jesus como sendo o Messias de Israel, e por esta razão este estudo foi retirado nesta data.

     Já é notório que o relato do nascimento de Jesus mencionado nos evangelhos trata-se de uma ficção cujo autor elaborou para relacionar o nascimento de Jesus como sendo de origem divina, e para isso alterou a tradução do texto original de Isaias 7:14 ao escrever a bíblia cristã, de modo a dar suporte às doutrinas que estavam sendo criada pela igreja com o objetivo de unificar toda cristandade e através dela todo domínio do império romano conforme vontade de seu imperador.   Também tirou de seu contexto uma repreensão que o Eterno fez a Israel e se encontra em Oséias 11:1, transformando-a em uma profecia.

·         Compare os textos de Mateus 1:18-23 e 2:15  com os textos de Isaias 7:14-17 e Oséias 11:1-5 nos links abaixo.

 

Sendo que o Eterno não compactua com o erro, no devido tempo toda pesquisa que apresenta Jesus como o Messias de Israel será corrigida ou mesmo retirada deste site.

Shalom!

Obs:.

  • Para todos aqueles que persistem em  considerar Jesus como sendo um ser divino, queremos deixar bem claro que de acordo com as Escrituras Hebraica, ele não é o Deus de Israel, portanto todos os seus adoradores não participarão das bênçãos que o Eterno prometeu a Abraão e sua descendência.

As promessas feita pelo Deus cristão é um misto de ensinos judaico mesclado com mitologia grega como podemos verificar na grande semelhança do céu cristão e o campos elísios da mitologia grega.  

Comentários

 

 

 

Contato

Conhecendo a Verdade

e_b_verdade@hotmail.com

Pesquisar no site

© 2012 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode