Liberdade Religiosa no Contexto Bíblico

Publicado em Chodesh HaTish’i  / 5776  (9º Mês)

Liberdade Religiosa

O que vem ser liberdade religiosa no contexto das Escrituras?

     Examinado as Escrituras percebemos que liberdade religiosa conforme ensinado atualmente pelas nações ocidentais / europeias não se harmoniza com o que é revelado nas Escrituras.

     Segundo as Escrituras liberdade religiosa esta restrita a nível de nação  e não de indivíduo dentro de uma mesma nação, ou seja, o cidadão natural ou estrangeiro que reside em uma determinada nação deverá viver de acordo com o princípio religioso estabelecido para a mesma.

·         Em se tratando de uma nação monoteísta todos seus cidadãos, quer seja natural ou estrangeiro, deverão viver em harmonia com o princípio religioso ali estabelecido, e quem discordar tem o direito de emigrar para uma outra nação cujo princípio religioso o satisfaça.

·         No caso de uma nação politeísta ou mesmo laica, o cidadão é livre, dentro de seu território, para escolher qual religião seguir.

     A liberdade religiosa que as Escritura estabelece consiste em que uma nação não interferira no culto religioso de outra nação, mas tão somente que através de seu testemunho possa demonstrar às demais nações as bênçãos e maravilhas que repousam sobre ela em consequência da sabedoria adquirida em observar as leis e preceitos estabelecidos pelo Deus que a dirige, dando assim oportunidade a todas para que conheçam esse Deus e a Ele se volvam. ( Gn 12:1-3; Dt 4:1-8; Dn 3:28-29; 4:34-37; 6:25-28: etc...)

Na Escritura Hebraica a liberdade religiosa envolve dois grupos distintos: o povo do Deus eterno (Israel) e os demais povos (nações).

Israel

  • A história revela que Israel é um povo criado pelo Deus eterno (Gn 12:1-3), portanto um povo monoteísta. Sendo um povo (nação) monoteísta, seus cidadãos tem o dever de viver em harmonia com os preceitos estabelecidos por seu Deus, e manter todo território livre de qualquer altar ou culto destinado à adoração a outra divindade que não o Deus que o criou como ensinado pelo primeiro preceito da lei dada no Sinai (Ex 20:3). Isto equivale a extirpar de todo seu território todos os monumentos consagrado a outras divindades, e não ao Eterno, (templos cristãos, muçulmanos, etc...) e banir de seu território seus adoradores. 2 Reis 10:18-28; 23:1-25.

Nações Islâmicas

  • A história das nações Islâmicas revela que elas não foram criada, mas sim subjugadas por seu Deus (Alah) através do profeta Maomé e seus seguidores. Tornando-se nações monoteísta por imposição, não por criação, seus cidadãos foram/são obrigados a viver em harmonia com os preceitos estabelecidos por Alah através de seu profeta Maomé.

Nações politeístas

  • As nações politeístas embora admitam a existência de uma divindade principal, permite a veneração de uma infinidade de deuses desde que a adoração de uma determinada divindade não venha interferir na adoração das demais.

Nações laicas

  • Já as nações laicas, (neutras em relação a religião) concede a seus cidadãos a liberdade de cultuar qualquer religião (politeísmo), desde que a mesma não viole os princípios dos direitos humano.    

O que ocorrerá com a Nação de Israel nos últimos dias

     No passado alguns Governantes de Israel introduziram o culto a outros deuses em seu reino, contaminando assim a terra com seus altares e sacrifícios desviando do Deus eterno muitos dentre o povo e atraindo sobre a nação Seus justos juízos. Da mesma forma o Eterno diversas vezes levantou em Israel homens que efetuaram uma reforma espiritual entre o povo, promovendo a volta do mesmo ao Deus eterno e destruindo não somente os altares consagrados a essas divindades como também seus adoradores. (1 Rs 18:17-40; 2 Rs 23:1-25)

     Hoje em dia podemos observar em Israel um movimento que tem por objetivo trazer o povo de volta ao Eterno, movimento esse que levou o atual primeiro ministro Benjamin Netanyahu a dissolver o parlamento visto a oposição de alguns dentro de seu governo a esse projeto. Novas eleições foram marcadas para o mês de Março / 2015.

  • Com certeza o Eterno já esta operando uma reforma espiritual no meio de Seu povo como profetizada em Ezequiel 36:1-38.

 

  • Mas só entenderão essa reforma aqueles que conhecerem o Deus eterno
  •  http://www.profeciasbiblica.com/estudo/tr%C3%AAs-deuses-distintos/ 

Shalom!

 

Comentários

 

Contato

Conhecendo a Verdade

e_b_verdade@hotmail.com

Pesquisar no site

© 2012 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode