Comunicado

28/10/2014 20:39

     Tendo em vista que estudos recentes tem demonstrado a existencia de uma montagem nos escritos do Novo Testamento para vindicar a divindade de Jesus, estamos revisando todos os estudos apresentado em nosso site.

  • Um exemplo dessa montagem encontramos na aplicação da profecia de Isaias 7:14. Essa profecia na verdade não se trata de uma profecia messiânica como qualquer um que ler o capítulo sete e oito de Isaias poderá perceber, visto que esse menino teve um nascimento como qualquer outra criança, e seu pai foi o profeta Isaias e sua mãe uma jovem profetiza.    
  • Embora no Novo Testamento esteja escrito "e uma virgem conceberá ..." no original hebraico esta escrito " uma jovem conceberá ..."
     A mudança na interpretação realizada pela igreja cristã teve como objetivo a conversão dos cidadãos greco-romano cuja cultura era permeada pela crença do envolvimento de suas divindades com mulheres humanas gerando dessa união deuses e semideuses, o que facilitou para esses cidadãos reconhecer em Jesus um ser divino.
 
     Outro texto que foi manipulado encontra-se em Oséias 11:1 onde é mencionado " do Egito chamei meu filho..." que também não se trata de uma profecia messiânica mas se refere a saída de Israel do Egito, ou seja, o filho ai mencionado se refere ao povo de Israel a quem o Eterno tirou do Egito onde eram escravizados por faraó.  
 

Contato

Conhecendo a Verdade

e_b_verdade@hotmail.com

Pesquisar no site

© 2012 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode